Inbound Marketing - Tudo o que você Precisa Saber sobre esta Estratégia Inovadora!

Inbound Marketing é criar experiências valiosas que tenham um impacto positivo nas pessoas e no seu negócio. Como isso é feito? Você atrai os seus clientes em potencial para o site/blog de sua empresa por meio de conteúdos úteis e relevantes. Assim que eles chegam, você cria um relacionamento com eles usando ferramentas de conversão, como e-mail,chat… prometendo e entregando valor contínuo. E, finalmente, os deixa encantados, atuando sempre como um conselheiro e especialista prático.


O Que é Inbound Marketing?

Inbound Marketing é o nome dado para o conjunto de estratégias do marketing digital que tem como objetivo atrair, qualificar e converter clientes através de conteúdo. Neste modelo de marketing, a empresa não sai atrás dos clientes, mas sim, eles é quem a encontram, através de motores de buscas, redes sociais e etc...


Inbound Marketing é o nome dado para o conjunto de estratégias do marketing digital que tem como objetivo atrair, qualificar e converter clientes através de conteúdo.

O Inbound Marketing começou a se potencializar a partir de 2009 após Brian halligan e Dharmesh shah lançarem um livro chamado “Inbound Marketing: seja encontrado usando o google, a mídia social e os blogs”.


Essa estratégia de marketing é baseada na criação de conteúdos extremamente relevantes, tendo em mente um público-alvo específico, chamado de persona, para conquistar a permissão de se conectar ao seu potencial cliente diretamente.


“A ideia do Inbound Marketing é atrair o consumidor por meio de conteúdo relevante.”

O termo Inbound Marketing pode ser traduzido como “Marketing de Atração”, sabe porquê?


Porque a partir do momento em que a pessoa é impactada pelo conteúdo, ela tende a se sentir mais confiante, abrindo portas e permitindo que a empresa se aproxime cada vez mais, construindo um relacionamento saudável, que pode resultar em uma venda.


O conteúdo publicado é uma forma de educar seus potenciais clientes referente ao segmento onde sua empresa atua, transformando assim, sua empresa em uma referência no mercado.


Inbound Marketing x Outbound Marketing


Estamos em uma fase de batalha entre Outbound e Inbound Marketing, muitos profissionais do mercado, afirmam que o Outbound morreu, pois, segundo eles o Inbound marketing é o futuro.


A comunicação hoje deve ser feita de forma menos intrusiva, envolvendo mais o público, para ser construído um dialogo que te possibilitará a oferecer o conteúdo na hora certa que o cliente estiver procurando por ele.


Preparamos agora, algumas diferenças entre essas duas estratégias, confira:


Comunicação direta ou indireta?


A principal diferença entre essas estratégias, está na forma em que o cliente é impactado pelo conteúdo.


No Outbound Marketing, usa-se muito a comunicação direta, sendo durante a leitura de uma revista, no intervalo daquele seu programa favorito, ou até mesmo nos famosos pop-ups em seu navegador.


Nessa estratégia de marketing, falamos com o consumidor de forma mais direta, afim de gerar um contato amplo e em massa.


No Inbound Marketing, oferecemos um contato mais indireto, trabalhamos a ideia de estar preparado quando o consumidor for procurar a empresa, principalmente na internet, com conteúdos atrativos. Atualmente, mais de 90% dos processos de compra começam por uma simples busca na internet.


É nessa hora em que você deve estar presente, e aparecer com o conteúdo certo ao seu potencial cliente.


Mensuração de Resultados


Com o avanço tecnológico constante, abriu-se uma oportunidade histórica de mensuração de resultados, pela primeira vez, conseguimos acompanhar nossas estratégias de forma real e simultânea.

As campanhas de Outbound na televisão por exemplo, demorava muito mais tempo, pois dependia de longas e caras pesquisas, mesmo assim, nem sempre o resultado era certeiro...


Já no Inbound, você consegue até mesmo saber exatamente quanto que aquele cliente custo a sua empresa. Outro beneficio que o torna diferenciável, é o fato de poder rever a estratégia caso a mesma esteja apresentando poucos resultados.


Custos


Afirmar que o Inbound Marketing é mais barato que o Outbound, pode ser, em muitos casos, uma ação precipitada. A verdade é que, o Inbound lhe dá um custo-beneficio ou ROI ( Retorno sobre o investimento) melhor, afinal, podemos investir a mesma quantidade de dinheiro em que seria cobrado para anunciar na Globo em horário nobre.


A diferença está nos resultados e na mensuração dos mesmos.


Quadro Comparativo: Inbound x Outbound


Para ficar bem fixado em sua mente, fizemos um quadro comparativo com estas duas estratégias, confira:


Inbound Marketing


- Custo relativamente menor


- Comunicação indireta


- Maior Engajamento


- Acompanhamento de resultados em tempo real


Outbound Marketing


- Comunicação mais direta


- Modelo de comunicação em massa


- Menor Engajamento


- Acompanhamento de resultados sem precisão


Para que serve o Inbound Marketing?


O Inbound Marketing atingiu patamares que o Outbound não conseguiu. O principal deles é que, no Inbound Marketing, a área de marketing da empresa é um centro de investimento e não um centro de custo.

Isso se torna possível devido ao fato de todas as ações de Inbound Marketing serem mensuráveis. É possível saber exatamente quantas pessoas visualizaram, converteram ou fizeram a compra de um produto/serviço em cada campanha através de web analytics.


Resumidamente, podemos falar que o inbound marketing serve para os seguintes pontos:


1– Aumentar a visibilidade de uma empresa


2- Diminuir o custo de aquisição dos clientes


3- Atrair os clientes em potencial


4- Gerar conteúdos extremamente relevantes


5- Otimizar todo o processo de vendas


As estapas do Inbound Marketing


1. Atrair


Nesta etapa, nosso objetivo principal é atrair os potenciais clientes através de conteúdos relevantes de acordo com os interesses da persona, que estejam relacionados a área de atuação da empresa. Lembrando que esse conteúdo, deve ter a intenção genuína de auxiliar as pessoas. Pois o intuito é mostrar que a empresa realmente se importa e deseja educar seus clientes para se tornar uma referência no mercado.


Usamos aqui: Redes Sociais, Blogs, E-books, Vídeos e infográficos.


2. Converter


O objetivo aqui é fazer o visitante avançar no processo de compra, se tornando um lead. Isso acontece quando ele passa a empresa algumas informações como e-mail, telefone, nome e etc... em troca de um material rico.


Os materiais ricos são ofertados em landing pages, para a pessoa preencher os seus dados e fazer o download/acesso. Iniciando assim o relacionamento.


Então, a partir do momento em que um visitante deixa uma forma de contato, acontece a conversão e ele passa a ser um Lead.


3. Relacionar


Após o visitante se converter em um Lead, temos que nutrir o mesmo a fim de torna-lo pronto para realizar uma compra. Nesse processo, enviamos e-mail marketing, newsletters e conteúdos relevantes que despertam a atenção dele e o preparam para uma abordagem da equipe comercial.


É de extrema importância que os conteúdos sejam personalizados, de qualidade e na medida certa.


Lembre-se: Ser esquecido por um Lead é ruim, porém deixar um Lead saturado é pior ainda!


4. Vender


Agora que o Lead já está preparado, sabendo do seu problema e considerando uma solução, devemos agora explicar para ele o porque de nossa empresa ser a melhor opção.

Isso acontece, na maioria dos casos, pelo fluxo de conteúdo que deixamos a disposição da pessoa ao longo do funil de vendas.


Nesta etapa, já nos tornamos uma autoridade, então os materiais podem ser cases, depoimentos, resultados ou até mesmo contatos diretos através de reuniões e ligações.


5. Analisar e Encantar


O Inbound Marketing se tornou poderoso pelo fato de ser possível monitorar cada ação e estratégia separadamente, dando continuidade ao que dá certo, e revendo ações que não lhe trazem benefícios.


É muito importante analisar todo o processo de vendas e fazer melhorias.


Porém, tão importante quanto, devemos focar no encantamento de nossos clientes, pois isso será uma de nossas maiores forças na 4ª etapa do Inbound.


Aproveite toda essa oportunidade e aplique essas estratégias na sua empresa!


Porque sua empresa não pode deixar de fazer Inbound Marketing?


Não fazer Inbound Marketing pode ser um fator determinante na hora de perder mercado para a sua concorrência, principalmente para aqueles que já adotam esta estratégia.

O simples fato das pessoas estarem buscando soluções para seus problemas nos mecanismos de buscas, redes socias, e lendo mais e-mails, são motivos para que sua empresa não fique de fora desta estratégia!


Gostou deste conteúdo?


Faça o cadastro em nosso blog e fique por dentro de todas as novidades!

Entre em Contato